Verratti: «Temos de fazer um grande jogo»

Itália recebe Portugal no sábado

• Foto: EPA

O futebolista Marco Verratti disse esta terça-feira que a Itália tem de "fazer um grande jogo" frente a Portugal, no sábado, para alcançar o primeiro lugar do Grupo 3 da Liga das Nações A, que dá acesso à final four.

"No próximo sábado espera-nos um evento importante, com tanta gente a observar-nos, temos de fazer um grande jogo porque só assim poderemos continuar a evoluir. Acreditamos na possibilidade de chegar em primeiro lugar no nosso grupo da Liga das Nações", disse o médio do Paris Saint-Germain.

Verratti antecipava o jogo de Milão frente à equipa das quinas, justamente um ano volvido e no mesmo local do nulo frente à Suécia, na segunda mão do playoff para o Mundial 2018, na Rússia, que ditou o afastamento da squadra azzurra da fase final.

Uma "ferida aberta", como qualificou Verratti, para quem esse jogo de má memória para todos os italianos constituiu "um dos dias mais negros" da sua vida e foi "tão marcante, que jamais será esquecido".

No entanto, Verratti considerou que esta 'nova' Itália está curada e que precisa de "seguir em frente", admitindo que a eliminação do Mundial 2018 até foi, "de um certo ponto de vista, benéfica".

"Percebemos que tínhamos de fazer mais do que até aí. O nosso primeiro passo é recuperar o entusiasmo e o afeto dos italianos e certificar-nos que estes se divertem a ver-nos jogar", disse Verratti.

O médio é uma das pedras basilares da seleção transalpina, que tem entre os convocados para o jogo com Portugal três jovens que ainda não se estrearam na equipa principal: Sandro Tonali, Stefano Sensi e Vincenzo Grifo.

Portugal, que em 10 de setembro venceu a Itália por 1-0, no Estádio da Luz, em Lisboa, lidera o Grupo 3 da Liga das Nações A, com seis pontos, mais dois do que a seleção transalpina e mais cinco do que a lanterna-vermelha Polónia, já eliminada.

A equipa orientada por Fernando Santos precisa apenas de conquistar um empate em Milão para se qualificar para a 'final four' -- que deverá organizar, em junho de 2019 -, mas mesmo uma derrota poderá ser retificada três dias mais tarde, em 20 de novembro, quando receber a Polónia, em Guimarães.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga das Nações

Notícias

Notícias Mais Vistas