Hélio Sousa pede exigência máxima e leva "muitos sonhos" na bagagem para o Mundial Sub-20

Selecionador confiante numa boa prestação de Portugal

O selecionador português de Sub-20, Hélio Sousa, pediu esta segunda-feira responsabilidade e exigência máxima aos seus jogadores no Mundial da categoria, para o qual leva "muitos sonhos" e um objetivo mínimo.

Antes da partida para a Polónia, onde se vai disputar a fase final, Hélio Sousa falou à comunicação social no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, mostrando-se confiante numa boa prestação e frisando que o primeiro grande objetivo é atingir os oitavos de final.

"É uma responsabilidade enorme para cada momento competitivo que nós temos e este em particular. Levamos muitos sonhos connosco, mas as outras 23 seleções também os têm. Vamos ter de ter muito querer para conseguirmos o que pretendemos, sabendo que vai ser muito difícil", declarou o selecionador nacional.

Considerando que a jovem formação das 'quinas' está inserida num dos grupos mais complicados, com Coreia do Sul, Argentina e África do Sul, o técnico sublinhou a importância de começar a prova com uma vitória, no próximo sábado, diante dos sul-coreanos.

"O primeiro jogo do torneio faz muita diferença nestas competições. Estamos muito habituados a elas e sabemos como é essencial quando se começa [bem] um campeonato destes", assinalou.

Hélio Sousa observou que é necessário ter "exigência máxima e estar no máximo das capacidades" para chegar, no mínimo, à fase a eliminar e "continuar atrás do sonho".

Quanto ao primeiro adversário em solo polaco, o selecionador definiu a Coreia do Sul como uma seleção "bastante organizada e com jogadores de muita qualidade na frente", mas o desafio seguinte, diante da Argentina, é o mais esperado.

"A Coreia é essencial. A Argentina tem cinco títulos no Mundial deste escalão, são sempre uma referência. Nós também somos, vai ser um grande jogo e vamos fazer tudo para trazer a vitória", assegurou.

Hélio Sousa despede-se de Portugal depois da competição para treinar a seleção do Bahrein, situação que considerou ser "complicada" de abordar neste momento e que "passa totalmente ao lado" da participação no torneio mundial.

Já com os atletas do Benfica Florentino Luís, Gedson Fernandes e Jota integrados no grupo, o selecionador ainda não pode contar com o guarda-redes do FC Porto Diogo Costa, uma vez que os 'dragões' ainda vão disputar a final da Taça de Portugal, frente ao Sporting, no próximo sábado.

Portugal, em cujo palmarés figuram os títulos mundiais de sub-20 em 1989 e 1991, estreia-se no mesmo dia frente à Coreia do Sul, seguindo-se os confrontos com a Argentina, em 28 de maio, e a África do Sul, em 31, todos na cidade de Bielsko-Biala.

Numa competição com 24 seleções, apuram-se para os oitavos de final os dois primeiros classificados de cada grupo, mais os quatro melhores terceiros classificados.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial Sub20 2019

Notícias