Infantino quer 40 seleções nos Mundiais

Abrir a fase final a equipas de outras conferações é o objetivo

• Foto: Getty Images

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, está a revelar-se um excelente relações públicas do organismo que dirige o futebol mundial. De visita à Coreia do Sul, o líder do organismo sedeado em Zurique volta a acenar com a possibilidade das fases finais dos campeonatos do Mundo acolherem um maior número de participantes, abrindo assim as portas a mais representantes de confederações como a asiática.

Numa conferência de imprensa muito concorrida, em Seoul, Infantino apontou mesmo os números concretos do seu projeto: 40 seleções a partir do Mundial de 2026. "O futebol não é apenas a Europa ou a Europa e a América do Sul. O futebol é o Mundo", justificou o presidente da FIFA, salvaguardando, todavia, a necessidade de reunir apoios para que o processo vá por diante: "Não sou um ditador, não vou impor nada, mas estou a tentar convencer todos. Acredito que temos de aumentar o número de seleções, porque temos de ser mais inclusivos."

Infantino deslocou-se à Ásia com o objetivo de tentar melhorar a imagem do organismo a que preside, abalada pelos escândalos de corrupção que envolveram inúmeros dirigentes, especialmente junto de patrocinadores importantes, como as sul-coreanas Hyundai Motor Co. e Kia Motors Corp., ou a chinesa Dalian Wanda, a que se ligou no passado mês, num negócio que terá envolvido centenas de milhões de euros.

"A FIFA passou por um momento difícil, mas os tempos mudaram. Esta é uma nova FIFA", garantiu Infantino, antes de regressar ao tema do alargamento do número de participantes no Campeonato do Mundo. "40 seleções no Mundial, representaria apenas 19 por cento dos membros da FIFA. Não é muito em comparação com as fases finais continentais, que reúnem entre 30% e 100% dos filiados", constata, concluindo: "Estaríamos a dar possibilidade de participar a oito países, mas a muitos outros a hipótese de sonhar com um Campeonato do Mundo, para jogar a qualificação de uma forma sólida."

Por João Lopes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.