Luís Figo feliz pelo alargamento para 48 seleções

Português lembra que esta foi uma das propostas que avançou em 2015

• Foto: David Martins

O ex-futebolista português Luís Figo, Bola de Ouro em 2000, congratulou-se esta terça-feira com a decisão da FIFA de aumentar o número de seleções participantes nas fases finais dos Mundiais de 32 para 48, a partir da edição de 2026.

"A FIFA aprovou hoje a expansão do Mundial para 48 equipas. Feliz por ver uma das minhas propostas para a mudança do futebol alcançada", escreveu Figo na sua conta do Facebook.

Recorde-se que o português lançou a candidatura à presidência daquele organismo nas eleições realizadas a 29 de maio de 2015. No entanto, Figo acabaria por desistir da corrida às eleições, cujo resultado preservaria Blatter no cargo, ao bater o príncipe jordano Ali bin Al Hussein, o único candidato que foi até às urnas contra o ex-presidente da FIFA.

O conselho de FIFA aprovou esta terça-feira, por unanimidade, o alargamento da fase final dos Mundiais, a partir de 2026, de 32 para 48 seleções - a primeira edição, que decorreu em 1930, contou apenas com 13 equipas.

As duas próximas edições, ainda com 32 equipas, vão decorrer na Rússia e no Qatar, em 2018 e 2022, respetivamente.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.