Mais de 5.000 apostadores detidos na Tailândia

número superior ao verificado em 2010

Mais de cinco mil pessoas forma detidas na Tailândia devido a apostas ilegais no Mundial'2014, um número superior ao verificado em 2010, na anterior edição da competição, revelou  a polícia.

A junta militar que chegou ao poder a 22 de maio anunciou dias depois medidas contras as casas de jogo e casinos ilegais, no âmbito de uma campanha de "moralidade", num país em que são proibidos os jogos a dinheiro, com exceção à lotaria nacional e corridas de cavalos.

No decorrer do Mundial'2014 a polícia tailandesa deteve 5.064 pessoas, dos quais 4.679 apostadores e 258 facilitadores. As autoridades fecharam ainda mais de 2.200 sítios na Internet dedicados às apostas.

Os detidos arriscam penas de prisão de dois anos e multas de 2.000 bahts (cerca de 45 euros). De acordo com as autoridades, com exceção àqueles que movimentaram somas avultadas, a maioria vai evitar penas de prisão efetivas.

No Mundial'2014 na África do Sul, cerca de 3.800 pessoas foram detidas igualmente por apostas ilegais.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial 2014

Notícias

Notícias Mais Vistas