Akira Nishino: «Assumo a culpa pela minha tática»

Selecionador devastado após derrota frente à Bélgica

• Foto: Reuters

O selecionador do Japão, Akira Nishino, estava muito desiludido pela derrota nos oitavos-de-final do Mundial 2018, frente à Bélgica, sobretudo pelas circunstâncias em que aconteceu. O técnico elogiou o comportamento da sua equipa e assumiu a culpa por não ter mudado a forma de jogar depois de chegar ao 2-0.

"Não esperava esta espécie de 'remontada'. É o Mundial e fomos 'afundados' pela força e profundidade do banco dos belgas.

Estou muito desiludido, devastado por este resultado, perdemos, mas deveriamos ter vencido. Talvez um 'nada' pudesse ter feito a diferença, ou as minhas decisões como treinador ou táticas.

Os meus jogadores estiveram muito bem, melhor do que nos jogos anteriores. Eles estavam confiantes e hoje efetuaram uma bela exibição. Nós jogámos bem, mas trata-se de ganhar.

Quando chegámos ao 2-0 não mudei os meus jogadores, queria marcar outro golo e tivemos oportunidade para isso, controlámos o jogo.

Infelizmente, os belgas marcaram quando precisaram. Assumo a culpa pela minha tática. Disse aos jogadores para irem para o banho, porque estavam prostrados no balneário. Falarei com eles quando regressarmos ao hotel.", referiu.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias