Bruno Alves: «É impensável não ir ao Mundial»

Central do Cagliari sublinha que Portugal acerta contas com Suíça na última ronda do Grupo B

• Foto: Filipe Farinha

O internacional português Bruno Alves está a viver um momento agridoce no Cagliari, onde se afirmou como patrão de uma defesa que é, a par do Werder Bremen, a mais batida das cinco grandes ligas europeias (31 golos sofridos).

O veterano de 35 anos conquistou os adeptos, levando para a Sardenha a aura da Seleção Nacional, produzindo um pouco do efeito que teve em Portugal o título europeu conquistado em França, o qual tem agora de ser 'resgatado', depois da derrota frente à Suíça na qualificação para o Mundial'2018.

"[No Euro'2016] Foi uma vitória histórica que fez crescer o interesse dos jovens no futebol e ajudou a esquecer um momento difícil. O meu país vive uma crise pior do que a que se vive aqui em Itália, não é fácil suportar essa situação durante tanto tempo", começou por dizer Bruno Alves, em entrevista ao jornal 'La Gazzetta delllo Sport', falando depois da forma como a Seleção Nacional entrou na qualificação para o Mundial'2018:

"A derrota diante da Suíça atrasou-nos, somos segundos classificados no nosso grupo. Mas é impensável não ir ao Mundial: jogamos tudo em casa na última ronda."

A Seleção Nacional encerra as contas do Grupo B de qualificação para o Mundial'2018 a 10 de outubro de 2017, diante da Suíça, em casa.


1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0