Australiano Cahill na senda de Pelé

Avançado pode marcar no quarto mundial consecutivo, um feito alcançado por poucos

• Foto: Reuters

A Austrália pode não ser uma seleção com grande historial em Campeonatos do Mundo, mas tem no seu plantel um jogador que pode entrar para a história desta competição: Tim Cahill.

O avançado de 38 anos pode juntar-se a um lote restrito de estrelas do futebol que marcaram golos em quatro mundiais consecutivos. Aliás, só três futebolistas alcançaram esse feito, entre eles a lenda Pelé. Os outros dois foram os alemães Uwe Seeler e Miroslav Klose. Em vésperas da estreia na prova, frente à França (amanhã em Kazan), Tim Cahill mostrou-se honrado pelo feito que pode alcançar. "Significaria muito para mim. Seria incrível, sendo australiano, poder entrar nesse grupo de jogadores extraordinários", confessou, vincando: "Seria bom jogar e incrível marcar."

Chamada contestada

De qualquer forma, Tim Cahill já tem um lugar na história da seleção australiana, da qual é o máximo artilheiro, com 50 golos em 106 confrontos. O ‘veterano’ avançado foi um dos responsáveis pela qualificação para este Campeonato do Mundo, embora o rendimento apresentado nos últimos meses tenha levado a imprensa a questionar a opção do selecionador Bert van Marwijk. Nos últimos seis meses Cahill jogou apenas 60 minutos no Millwall, do segundo escalão inglês, acabando por ser dispensado no final da temporada.

Por Cláudia Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.