Garrafa secreta ajudou Pickford nos penáltis

Tudo foi preparado ao pormenor

Jordan Pickford foi o herói do último jogo da seleção inglesa, que eliminou a Colômbia nos penáltis, mas o guardião do Everton contou com a ajuda... de uma garrafa de água. Durante o desempate, e por indicação do treinador de guarda-redes Martyn Margetson, Pickford levou inscritas na garrafa indicações acerca do lado para onde seria mais provável os adversários rematarem e o resultado foi claro: das cinco cobranças, o guardião adivinhou o lado em três.

Numa delas, Cuadrado ainda marcou, mas de seguida Uribe rematou à trave e no último dos castigos máximos dos sul-americanos, Carlos Bacca atirou para uma defesa decisiva de Pickford, o primeiro inglês a defender um pontapé da linha de 9 metros em desempates numa grande competição desde que David Seaman negou um golo ao argentino Hernán Crespo (Mundial’98). De seguida, o ex-sportinguista Eric Dier marcou e estava quebrado novo enguiço (foi a primeira vez que os ingleses venceram um desempate desde o Euro’96).

Esta é uma tática que já tinha sido utilizada pela seleção feminina de hóquei em campo da Grã-Bretanha, na final dos Jogos Olímpicos’16, frente à Holanda.

Stones critica Colômbia

A partida dos ‘oitavos’ não foi esquecida por John Stones, que criticou a Colômbia. "Foi a equipa mais suja que já defrontei. Quando ganhámos o penálti rodearam o árbitro, empurraram-no (...)", frisou, deixando ainda palavras elogiosas à Suécia, adversário que enfrentará amanhã. "Se alguém disser que existem jogos fáceis nos quartos-de-final do Mundial, é muito estúpido em fazê-lo", considerou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.