Gasolina barata no trânsito louco

Uma realidade bem diferente na Rússia...

• Foto: Pedro Ferreira

As corridas de Fórmula 1 são, com toda a certeza, mais ordeiras do que o trânsito na Rússia. A loucura é tanto que vale literalmente quase tudo para tentar chegar mais rápido. Sublinhe-se a palavra ‘tentar’, uma vez que, a título de exemplo, é difícil demorar menos de três horas desde o Centro de Treinos de Kratovo até Moscovo, dois locais separados por cerca de... 50 km.

Certo é que o ‘pára-arranca’ não sai caro ao bolso do povo moscovita, neste caso, embora a equipa de reportagem do nosso jornal tenha ouvido taxistas a queixar-se do recente aumento dos preços da gasolina. Ora, por esta altura, o combustível está na ordem dos 60 cêntimos por litro, consideravelmente mais barato do que o preço da água. Isso mesmo, comprar um litro de água num estabelecimento de rua, perfeitamente normal, custa à volta de 1,40 euros. É caso para dizer que matar a sede sai mais caro do que a aventura que é entrar em Moscovo.

Inglês é língua estranha

O que também está longe de ser tarefa fácil é a simples comunicação com os russos. Encontrar quem fale inglês é uma tarefa digna de um lugar pelo menos nos ‘oitavos’, mas ainda vai sendo possível ter ajuda de alguns moscovitas, especialmente os mais jovens. Mais problemático é pedir comida nos restaurantes, dar indicações para os táxis, perguntar qual a estação de metro onde se deve sair. Para uns, rotina, para outros, um desafio.

Nem mesmo entre os trabalhadores da FIFA havia um consenso nesse sentido. A maior parte fala inglês, mas outros nem conseguem ‘arranhar’...

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0