Hierro: «Quando há um craque como Cristiano Ronaldo pela frente...»

Selecionador espanhol diz que a sua equipa até podia ter feito o 4-2

• Foto: Pedro Ferreira

Fernando Hierro, que assumiu os comando da seleção espanhola há apenas dois dias (substituiu o 'despedido' Julen Lopetegui), considerou que sua equipa podia ter ganho o jogo, mas o problema foi a grande exibição de Cristiano Ronaldo... 

Sorte
"Quando temos pela frente um jogador como Cristiano Ronaldo podem acontecer destas coisas. O melhor momento para nós foi quando a equipa estava com boa posse, acho que poderíamos ter feito o 4-2, pois tivemos oportunidades de golo, a equipa com posse de bola e confiante. Houve aquele momento, um detalhe, e quando há um craque como Cristiano Ronaldo pela frente... é uma sorte uma equipa ter o Cristiano Ronaldo."

Orgulho
"Estou muito orgulhoso dos meus atletas. Tenho grande admiração por Cristiano Ronaldo, mas não trocaria nenhum dos meus. Estou muito orgulhoso dos jogadores. Depois da adversidade da partida em si, voltámos, empatámos duas vezes. Tenho uma equipa com muito orgulho, madura, com muita personalidade. Equipa que sabe o que faz, o que quer. Jogam juntos muito tempo nos últimos dois anos. Têm a sua personalidade, caráter. É fantástico ter estes jogadores maduros e com compromisso. Orgulho. Têm muita confiança, sabem o que querem, sabem quais são as suas características." 

União
"Somos uma equipa. Temos melhores e piores dias. Somos seres humanos, mas somos uma família, uma equipa. Todos juntos. Não fica ninguém de fora. Uma família e estamos aí a torcer pela seleção como um todo. Não vamos ficar a apontar o dedo criticando alguém. Claro que há momentos em que nem tudo correrá como esperado, mas sabemos o que queremos. Não temos qualquer dúvida quanto ao De Gea e ao seu trabalho. Ser guarda-redes exige psicologia especial, é uma posição muito específica." 

Ambição
"Espero ficar na Rússia o maior tempo possível. Do 1 ao 23, todos os jogadores são importantes. Nos treinos, nos jogos, no dia seguinte aos jogos. Todos membros da mesma família. "

[Manter a estratégia de Julen Lopetegui] Não costumo dizer a ninguém, falar com qualquer treinador sobre o que tem na cabeça. Boa parte do staff continua connosco. Mantivemos o plano. Pensámos que o Diego podia ser muito importante na partida e foi. Não queríamos mudar. Mantivemos o plano em funcionamento. Gostaria de agradecer a todos os colaboradores, toda a gente que continuou connosco. Tivemos de nos ajustar rapidamente às novas circunstâncias, pouco tempo antes da partida de estreia. Agradeço do coração." 

"Sabia que não era uma situação fácil. Sabia da responsabilidade [de substituir Lopetegui], mas quando se tem um grupo de jogadores excelente, tal como o staff, isso facilita. Tem a ver com a equipa, todo o coletivo. É fantástico ter tanta gente comprometida que te quer ajudar. Sou um privilegiado do primeiro ao último funcionário, todos muito disponíveis, animados e entusiasmados. As pessoas tiveram uma reação fantástica. Sou muito grato. Especialmente nos últimos três dias, pois enfatizo que as circunstâncias não foram fáceis".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0