Jorge Sampaoli mete (A)cuña para Messi sonhar

Jogador do Sporting deve ser a novidade no onze de Sampaoli. Mãe ‘limpa’ lágrimas do astro

• Foto: Getty Images

Pode ser apenas a 2ª jornada do Grupo D mas é uma Argentina já pressionada a que logo à noite defronta a Croácia tranquila. O empate na ronda inaugural frente à Islândia, aliado ao penálti falhado por Messi, deixou o craque triste mas a mãe do craque ‘limpou’ as lágrimas do filho. "A família apoia-o. O primeiro a querer ganhar é ele. Sofremos com as críticas, dizem que ele não sente [a camisola] e que vem [à seleção] por obrigação mas não é verdade. Essas críticas magoam-no, se os adeptos o vissem como o vemos, a sofrer e a chorar... O Leo vê este Mundial com enorme expectativa, o sonho é ganhá-lo", disse Celia Cuccittini no programa El diario de Mariana do canal ‘El Trece’.

E Jorge, não o pai de Messi mas Sampaoli, o selecionador da Argentina, já terá o segredo para Messi sonhar: a avaliar pelo último treino, deverá lançar Acuña no onze, com o sportinguista a fazer toda a ala esquerda e o benfiquista Salvio na ala direita. "Ainda não sabemos quem vai jogar. Estreei-me [esta época] como lateral-esquerdo e sinto-me cómodo na posição. A Croácia? Tem médios de qualidade mas acredito que podemos fazer um bom jogo."

Tirar peso nas costas

Para Sampaoli, os argentinos têm de deixar de responsabilizar Messi pelos falhanços da alviceleste. "Leo sabe a responsabilidade que tem mas colocar tudo nas costas dele é um erro. É o melhor do Mundo mas ninguém ganha jogos sozinho", disse o técnico, que deve ainda apostar em Pavón na frente ao lado do astro e Agüero.

Por Hugo Neves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias