Löw preferia Messi a CR7 na seleção alemã

Selecionador alemão realçou a qualidade de ambos mas não teve dúvidas

• Foto: EPA

A pergunta da praxe chegou aos ouvidos de Joachim Löw. Messi ou Ronaldo? O selecionador alemão realçou a qualidade de ambos, mas não teve dúvidas em escolher o argentino, caso tivesse a possibilidade de naturalizar um deles e convocá-lo para o conjunto germânico.

"Ronaldo é incrivelmente bom, profissional e uma máquina de fazer golos, mas, para mim, Messi é mais completo", disse o técnico em entrevista ao ‘Bild’, antes de se desfazer em elogios ao jogador do Barcelona. "De há dez anos para cá, Messi tem feito 30 a 40 assistências e marcado 50 golos por temporada (...) Tem uma velocidade de drible inalcançável. Pode deixar para trás oito ou nove adversários", argumentou.

O treinador, que procura levar novamente a ‘Mannschaft’ ao título mundial após a conquista de 2014, também mostrou ser fã do egípcio Mohamed Salah. "O Liverpool e [Jürgen] Klopp têm muito a agradecer-lhe. Poucos tiveram tantos bons momentos como ele", expressou.

Reus preparado para ajudar

Em entrevista ao site da federação alemã, Marco Reus declarou estar preparado para ajudar no Mundial, apesar de só ter realizado 15 partidas esta época devido aos problemas físicos que o assolaram. "Quero ser importante dentro do campo. Quando o torneio começar, vou ter 29 anos. Sei do que sou capaz", defendeu.

O extremo do B. Dortmund é um dos 27 nomes da pré-convocatória de Joachim Löw – a lista final só é divulgada a 3 de junho –, após ter falhado a prova em 2014, por lesão. Agora terá concorrência de peso. "Todos são precisos. O técnico decide e nós temos de respeitar", frisou.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias