Mascherano nega motim e apela à união

Garante relações normais entre jogadores e Sampaoli

O experiente Javier Mascherano veio a terreiro garantir que não existe qualquer motim na selecção da Argentina. Depois da humilhante derrota frente à Croácia, foram muitos os que avançaram que o ambiente no seio da seleção estava péssimo, alegando até que o seleccionador Jorge Sampaoli e os jogadores estavam de relações cortadas.

Contudo, o raçudo jogador argentino garante que as coisas estão pacíficas: "A nossa relação com o treinador é perfeitamente normal. Obviamente, quando estamos desconfortáveis com alguma coisa falamos com o treinador, porque não somos hipócritas."

"Sabemos que estamos numa fase delicada, mas temos de estar unidos, expressar as nossas opiniões e fazer tudo o que for necessário para melhorar a nossa situação", explicou depois.

Messi está tranquilo

Sobre Lionel Messi, Mascherano também foi direto ao assunto, indicando que o craque está, tal como toda a equipa, preocupado com a prestação neste Mundial da Rússia, mas sem dramas.

"Ele está bem. É um jogador-chave, mas também é humano e tem as suas frustrações. Estamos todos assim, com vontade de reverter esta situação e a ideia que as pessoa têm de nós neste momento", rematou.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.