Nunca houve tantos penáltis e autogolos

Edição com características especiais

• Foto: Reuters

Além do número de golos pouco habitual (pelo menos se comparado com as finais mais recentes), o encontro de ontem ficou marcado pelo protagonismo de três situações recorrentes ao longo deste Mundial: a intervenção do VAR, um autogolo e um penálti. Se a tecnologia do vídeo-árbitro surgiu em estreia na Rússia, a prova deste ano fica para a história como aquela em que ocorreram mais autogolos – com o de Mandzukic foram 12, o dobro do anterior recorde, que datava de 1998 – e mais penáltis (29, sendo que 22 foram convertidos e 7 desperdiçados).

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.