Queiroz: «Messi não devia jogar até provar que é humano»

Selecionador do Irão elogia o argentino e recorda golo no Mundial'2014

Carlos Queiroz, selecionador do Irão, elogiou Lionel Messi, salientando em tom de brincadeira que o argentino não deveria poder jogar dado que não parece ser humano. O treinador recordou ainda o golo de Messi à seleção iraniana no Mundial'2014, que valeu o triunfo da Argentina nos descontos.

"Sempre disse que Messi é um jogador extraordinário. Não é deste Mundo. Se fosse humano, não teria aquele momento mágico naquele jogo. Normalmente não gosto de perder, mas não saí daquela derrota com um sentimento negativo", começou por dizer.

"É quando acontece algo mágico como aquilo que sabes que o futebol está vivo e de boa saúde, e é por isso que é um dos melhores desportos do Mundo para assistir. Ainda mais quando um momento especial surge de um jogador que devia ser proibido pela FIFA de jogar até se provar que é mesmo humano", acrescentou Carlos Queiroz.

Por Luís Miroto Simões
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias