Rússia diz que tensão internacional não vai afetar segurança do Mundial'2018

Competição vai decorrer entre 14 de junho e 15 de julho

• Foto: Reuters

O presidente do comité de organização do Mundial'2018, na Rússia, disse esta quarta-feira que a tensão internacional provocada pelo envenenamento do antigo espião russo Sergei Skripal, em Inglaterra, não afeta a cooperação de segurança no evento.

Mais de duas dezenas de países expulsaram mais de 150 diplomatas russos dos seus países após o ataque a Skripal e à filha, Yulia, em março, mas Alexei Sorokin explicou esta quarta-feira, à agência noticiosa Associated Press, que o evento terá "cooperação das forças de autoridade a nível internacional" e que o evento "não é afetado por quaisquer mudanças na situação política".

Segundo o dirigente, a segurança do torneio passa por "um grupo de ações e medidas muito específicas", sendo que forças de segurança russas e estrangeiras deverão trocar informações sobre possíveis ameaças, do terrorismo ao 'hooliganismo'.

O Mundial'2018 vai decorrer entre 14 de junho e 15 de julho na Rússia, com Portugal, campeão europeu em título, inserido no grupo B, com Espanha, Marrocos e Irão, treinado por Carlos Queiroz.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.