Seleção de Queiroz retida durante três horas no Uzbequistão

Equipa iraniana passou a madrugada no aeroporto

• Foto: Reuters

A seleção do Irão esteve retida quinta-feira à noite durante cerca de três horas no aeroporto do Tashkent, no Uzbequistão, após o jogo entre as duas seleções de qualificação da zona asiática para o Mundial'2018.

Segundo fonte próxima da equipa técnica da seleção iraniana, a comitiva foi impedida, já de madrugada, pelas autoridades do aeroporto de embarcar no charter que a levaria de regresso a Teerão, sob a alegação de irregularidades com um dos elementos da federação iraniana, responsável pela logística.

A mesma fonte firmou que a situação criou um clima de tensão no seio da comitiva iraniana pelo facto de a retenção da equipa no aeroporto impedir os jogadores de cumprir o normal processo se recuperação depois do jogo realizado.

A seleção orientada pelo treinador português Carlos Queiroz, que venceu esta quinta-feira o Uzbequistão por 1-0, em jogo do grupo A da zona asiática de qualificação para o Mundial'2018, defronta já na próxima terça-feira, em Teerão, a Coreia do Sul, numa partida em que está em jogo a liderança do grupo.

Só ao fim de três horas é que a situação foi desbloqueada e os jogadores puderam iniciar a viagem para Teerão.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial 2018

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.