Surpresa no treino português chegou da bancada

Luís Amaro foi o único adepto português no treino que não pertencia à Embaixada

• Foto: Pedro Ferreira

Com cerca de 250 lugares disponíveis na bancada, quase todos eram ocupados por habitantes russos. Alguns pertenciam à Embaixada lusa, mas sobrava um para o único português que fez mesmo questão de ver a Seleção Nacional. Falamos de Luís Amaro, que até teve mais facilidade para tirar fotografias e pedir autógrafos. "É sempre especial. Tenho a perfeita noção de que há muito poucos portugueses aqui em Moscovo. Até o Pepe, quando tirou a fotografia, ficou a falar um bocadinho comigo e perguntou se eu vivia aqui e disse-me que era uma surpresa muito grande ver um português. Não estavam a contar com isso. Foi fácil tirar fotografias porque os chamava e eles voltavam logo atrás!", contou-nos o investidor financeiro, de 26 anos.

Curiosamente, Luís mexe-se bem no futebol. "Trabalhei com a InStat, uma empresa muito forte em análise de futebol, que tem parcerias com Real Madrid, Barcelona, Benfica, FC Porto... Adquiri muitos contactos, fiquei muito amigo do Derlei, por exemplo. Às vezes vem cá a Moscovo e jantamos, mas os meus contactos mais sérios foram na CBF. Conheço perfeitamente a equipa técnica do Tite, estive com o filho dele muitas vezes", rematou.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018

Notícias