Adrien: «Qualidade para fazer um grande Mundial»

Acredita no sucesso de Portugal

• Foto: Sport TV

Entre memórias dos primeiros tempos na Academia do Sporting, a nova aventura em Inglaterra e a antevisão do Campeonato do Mundo, Adrien Silva teve uma prova animada com o alfaiate Paulo Battista, para as gravações do segundo programa ‘Seleção à medida’. Em conversa com o amigo, Adrien Silva reconhece que lhe fez bem mudar de ares e mostra-se confiante numa boa participação da Seleção Nacional no Campeonato do Mundo.

"Está a ser uma experiência boa, estava a precisar deste desafio", começa por dizer o médio de 29 anos em relação à ida para Inglaterra, e não esconde o sorriso quando Paulo Battista recorda... o atraso de 14 segundos na sua inscrição no Leicester, que atrasou a sua estreia pelo clube da Premier League. O internacional português salienta algumas das diferenças que encontrou no futebol inglês, nomeadamente um futebol mais exigente, por ter poucas paragens e por isso, mais desgastante.

"Aquilo não pára, não há faltas. É como no FIFA, vão às opções e tiram as faltas", diz bem disposto. "Parece que nunca pára. Por isso é que é uma experiência muito boa. Tinhas de fazer três jogos cá para fazer um da Liga inglesa", acrescenta.

Adrien recorda ainda que, quando chegou ao emblema inglês, todos sabiam que ele tinha ajudado Portugal a vencer o Europeu de França e era isso que o destacava. "Era mais conhecido como campeão da Europa do que como jogador do Sporting", admite.

Agora é uma nova etapa, é tempo de esquecer a Premier League e focar-se na próxima competição. Adrien Silva mostra-se otimista quanto a uma boa prestação portuguesa na competição que se realiza na Rússia.

"Temos todas as qualidades e condições para fazer um grande Mundial. Vai ser muito difícil, com a qualidade que há nas equipas, até as que não têm tanto nome hoje em dia... Viu-se nas últimas competições que hoje em dia é tudo complicado", avisa. De resto sublinha que "o grupo está sempre com a mesma mentalidade". "Ainda mais vontade de ganhar depois de termos feito história", remata.

Apoio do pai fundamental para a carreira

çUm dos momentos mais emotivos do programa é quando Adrien Silva recorda o papel do pai na sua carreira. O jogador confessa que foi graças a ele que não abandonou o sonho de ser jogador de futebol, quando jovem saiu de casa para ir viver na Academia Sporting.

"Foi importante em todos os aspetos, não só pela educação, que tento transmitir aos meus filhos, mas também no meu caminho. Lembro-me de muitos momentos, no início, na Academia, que não foram fáceis, nos quais tive vontade de ir embora", relembra. "O meu pai vinha de propósito de Arcos de Valdevez. Na altura eram umas 5 horas de viagem e vinha só para falar comigo, apoiar-me e incentivar-me, porque ele sabia que eu queria isto. Com 12 anos as forças não são as mesmas do que com 18 ou 20. Foram impecáveis nisso e sempre me incentivaram a não desistir do sonho, foi muito importante, senão tinha desistido logo ao início", remata.

Por Cláudia Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portugal

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.