Insólito: Chile falha Mundial por causa do protesto que fez à FIFA

Queixa em jogo contra a Bolívia também deu mais três pontos ao Peru

• Foto: Reuters

É a típica história de um aluno que pede revisão num exame e acaba com uma nota inferior. O Chile vai ficar fora do Mundial por culpa de um protesto apresentado à FIFA... pela própria federação chilena.

Tudo tem a ver com o jogo diante da Bolívia, que utilizou um jogador (Nelson Cabrera) de forma irregular. O Chile, que tinha empatado esse jogo 0-0, acabou por ver a FIFA dar-lhe razão e acabou por vencer o jogo na secretaria por 3-0.

O problema foi que a Bolívia cometeu a mesma irregularidade no jogo com o Peru. E a FIFA acabou por transformar a derrota dos peruanos por 2-0 numa vitória por 3-0. Contas feitas, a seleção de Carrillo foi beneficiada em três pontos, ao passo que a do Chile em apenas dois.

No final, ambas terminaram empatadas, com 26 pontos. O Peru beneficiou da melhor diferença de golos (27-26 contra 26-27) para ser quinto classificado e, com isso, assegurar um lugar no play-off intercontinental, diante da Nova Zelândia.

Fica a lição: ser queixinhas nem sempre é boa ideia.

Por Sérgio Krithinas
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018 - América do Sul

Notícias