FIFA aplica derrotas à Bolívia e Argentina desce para sexto

Organismo deu triunfo ao Chile, que agora supera a albiceleste

Da festa... à tristeza
• Foto: EPA

A FIFA anunciou esta terça-feira ter aplicado a pena de derrota à Bolívia nos encontros com o Chile e Peru - ambos por 3-0 -, devido à utilização irregular de um jogador, uma punição que mexe (e de que maneira!) com o grupo sul-americano para o Mundial'2018.

Em causa está a inclusão de Nelson Cabrera, um jogador paraguaio, que foi colocado em campo pelos bolivianos sem estar de acordo com as regras da FIFA, nomeadamente residir no país durante cinco anos de forma continuada. Como o jogador não cumpria esses requisitos, o organismo que rege o futebol mundial cumpriu as regras e aplicou pena de derrota, que poderá ser contestada pelos bolivianos nas próximas 48 horas.

Quanto às consequências, começam desde logo pela dedução de pontos à Bolívia, que passa dos 8 pontos anteriores para os 4. Contudo, a mudança mais mediática passa pelos pontos atribuídos ao Chile, que passa agora a somar 16 e que, assim, ascende ao quinto posto, em igualdade pontual com a Argentina, mas com vantagem nos golos marcados.

Uma situação inesperada para a seleção argentina, isto quando faltam disputar oito encontros para o final da zona de apuramento sul-americana. Ainda para mais quando se segue um clássico com o Brasil (10 de novembro) e Colômbia (15).

Consulte a classificação atualizada.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Mundial 2018 - América do Sul

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.