Zeca: «Senti bastante o hino grego e foi inesquecível»

Médio estreou-se no jogo com a Bélgica

Zeca não cabia em si de contente pela estreia como internacional grego no encontro com a Bélgica (1-1). O médio rendeu Mandalos aos 84’ e, no final, apesar de a equipa não ter conseguido a vitória agradeceu apoio que recebeu.

"É algo que vou guardar para o resto da minha vida. Senti bastante o hino nacional e foi mesmo inesquecível. Nós viemos a Bruxelas para ganhar e, pelo menos, conseguimos o empate. Com um pouco mais de sorte poderíamos ter ganho, mas é sempre difícil jogar num ambiente adverso com um jogador a menos", atirou o médio nascido em Lisboa, de 28 anos, acrescentando: "Quero agradecer a todos os gregos e prometo dar tudo por esta camisola."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2018 - Europa

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.