Mbemba faz apelo ao governo da RD Congo na véspera do jogo decisivo frente ao Benim

Defesa do FC Porto quer união de esforços para o país atingir o playoff de qualificação para o Mundial'2022

• Foto: Ricardo Nascimento
Chancel Mbemba assumiu a sua responsabilidade como capitão da seleção da República Democrática do Congo e pediu uma união de esforços para o jogo de sábado frente ao Benim. Em caso de vitória, os congoleses garantem o apuramento para o playoff de qualificação para o Mundial'2022, pelo que o central do FC Porto apelou à ajuda do governo do seu país para colaborar com a federação na preparação deste encontro decisivo.

"Peço ajuda ao governo. Este é um jogo muito importante. Eu sei o que quero dizer. O governo e a FECOFA (federação congolesa de futebol) terão que se unir para prepará-lo. É a honra da nação que está em jogo, quando a equipa não vence os jogadores são atacados. Mas somos nós que estamos no terreno e somos aqueles que dominam as realidades. Por isso, pedimos ao governo que apoie a FECOFA para se preparar para este jogo", referiu Mbemba, numa mensagem bem clara.

A República Democrática do Congo vem de uma vitória por 3-0 na Tanzânia e encontra-se no segundo lugar do Grupo J, com oito pontos, menos dois do que o líder Benim. A Tanzânia está logo atrás, com sete, e Madagáscar já tem certo o quarto lugar, dado que possui apenas três pontos.
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2022

Notícias

Notícias Mais Vistas