Grupo A
Grupo B
Grupo C
Grupo D
Grupo E
Grupo F
Grupo G
Grupo H
Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Membro da Federação uruguaia diz que Collina afirmou que o penálti no Portugal-Uruguai foi mal assinalado

Eduardo Ache afirmou ainda que Massimo Busacca também reconheceu erro na análise do árbitro

• Foto: Action Images
Pierluigi Collina, presidente da Comissão de Arbitragem da FIFA, terá confidenciado com Alejandro Domínguez, líder da CONMEBOL (Confederação Sul-Americana de Futebol), que o penálti de sentencia o resultado do Portugal-Uruguai, na segunda jornada da fase de grupos do Mundial'2022, foi mal assinalado pelo árbitro iraniano Alireza Fagahani.

"[Um golo pode tirar uma seleção de um Mundial...] Sim, claro que sim. E considero muito oportuna a sua questão até porque há decisões em que o VAR tem de intervir e não intervém, como por exemplo no jogo entre Equador e Holanda, no golo em que anulam ao Equador e neste caso o árbitro assinalou bem [não falta] e o VAR chama-o e depois tomam uma má decisão. O próprio presidente da Comissão [Pierluigi Collina] falou com [Massimo] Busacca, que acabou por reconhecer que foi uma má decisão [do árbitro]", começou por dizer Eduardo Ache, membro do Conselho Executivo da Federação Uruguaia de Futebol, em declarações ao 'Sport890'.

E acrescentou: "O erro dele foi ter aceite uma opinião errada do VAR, que acabou por impedir que o Uruguai tivesse os restantes 9 minutos para empatar o jogo. A conclusão foi essa mesma que acabei de dizer, o próprio presidente da Comissão acabou por admitir a Alejandro Domínguez [presidente da CONMEBOL] que a decisão do juiz em voltar atrás no lance não foi acertada."

Por Record
20
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo