Sérvio que apanhou braçadeira de Cristiano Ronaldo dá a cara e conta toda a história

Da irritação do avançado português à decisão de leiloar o adereço

A história correu o Mundo e agora conhece-se também a identidade e a cara de quem apanhou do chão do Estádio Rajko Mitic. Chama-se Djordje Vukicevic, é um bombeiro, e naquela noite de sábado teve a sorte de estar no preciso local no qual Cristiano Ronaldo atirou, em fúria, a sua braçadeira de capitão após o lance do golo anulado na fase final do encontro de Portugal com a Sérvia.

"O Cristiano Ronaldo estava agitado, atirou a braçadeira. Caiu mesmo ao meu lado", revelou Vukicevic, em declarações à Reuters, nas quais explicou ainda como se deu todo o processo de colocação da braçadeira em leilão para ajudar o pequeno Gavrilo Djurdjevic, uma criança de seis meses que sofre de atrofia muscular espinhal e que precisa de tratamentos com custos da ordem dos dois milhões de euros. "Toda a corporação concordou que [a braçadeira] deveria ir para [ajudar] o pequeno Gavrilo".

Lembre-se que a braçadeira está a leilão até a manhã de sexta-feira no portal especializado sérvio 'Limundo', tendo até ao momento recolhido licitações até aos seis milhões de dínares. Ainda assim, note-se que o valor deverá ser já bem mais elevado, pois o portal decidiu limitar as licitações a pessoas verificadas e apenas através de contacto direto.

Por Record
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Mundial 2022

Notícias

Notícias Mais Vistas