Espírito de grupo reforçado à mesa

Fernando Santos libertou jogadores na segunda-feira

• Foto: epa

A dois dias do duelo com a Rússia, e depois de uma viagem de quase 900 quilómetros entre Kazan e Moscovo (onde chegaram pelas 18.40 horas locais), o selecionadro nacional Fernando Santos decidiu libertar os jogadores para que estes aproveitassem as horas que se seguiram como bem entendessem na capital - basicamente, concedeu-lhe uma 'meia folga'.

Ora, entre os 23 acabou por ficar acertada a realização de um jantar naquela mesma noite, que terá sido aproveitado pelos jogadores nacionais para reforçar o espírito, isto numa altura em que surge um duelo de importância extrema ante a Rússia, já que um triunfo deixa o apuramento para as meias-finais da Taça das Confederações muito bem encaminhado.

Por Fábio Lima
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça das Confederações 2017

Patrício foi enorme

Guarda-redes da Seleção Nacional possibilitou, com uma mão-cheia de excelentes intervenções, que Portugal desse a volta a uma desvantagem

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.