Advogado ataca filhas de Maradona: «Atraiçoaram-no e roubaram-no»

Matías Morla avança ainda que Dalma e Gianinna abandonaram o pai nos seus últimos anos de vida

• Foto: Reuters

Matías Morla, advogado e sócio de Maradona, criticou durante as filhas do antigo craque, Dalma e Gianinna, que acusa de terem "abandonado" e "roubado" o pai. 

"Se o Diego acordasse ia recreminar-me por não ter lutado por deixar entrar no seu velório a Rocío [Oliva, ex-namorada de Maradona]. Ele amava-a e lutava contra as filhas, sentia-se atraiçoado e roubado. Eu estive com o Maradona durante sete passagens de ano e sete Natais a olhar para o telefone e ninguém lhe telefonava", explicou o advogado, em declarações ao canal América.

Morla revelou também algo que magoou profundamente Maradona. "O Diego estava indignado porque a filha de Dalma chama-se Roma. O Diego é o quê? Nápoles é o contrário de Roma. Tirado as irmãs, todos os outros deixaram-no só. O Diego nunca esteve louco", garantiu, admitindo, porém, que El Pibe "tinha problemas de adição".

As filhas de Maradona acusam o advogado e o médico, Leopoldo Luque, de não darem ao pai os devidos cuidados nos seus últimos dias de vida. "Se o Maradona ressuscitasse não permitiria que me atacassem. Quando morreu disse que as ladras eram elas. Juntamente com as irmãs dele, nós éramos a sua companhia, não ladrões. Elas não gostam de mim desde que lhes cortámos os cartões de crédito em junho de 2014. Roubaram-no."

O advogado reconhece que Maradona tinha problemas com o álcool, mas Morela explica que a bebida era uma espécie de válvula de escape para os problemas que tinha. "Quando ele cá chegou, começou a ter o primeiro grande problema da sua vida porque a Rocío o deixou e ele nunca superou isso. O Maradona estava obcecado por ela. Se me perguntarem o que o matou digo: Rocío Oliva, a quarentena e os problemas clínicos que teve. Estava apaixonado por uma mulher que não o amava e isso doía."

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Assalto à profundidade

Marco Paixão já derrotou o Besiktas esta época e dá a receita ao ataque leonino. Cuidado com Pjanic...

Notícias

Notícias Mais Vistas