Antigos craques mundiais foram enganados no Médio Oriente e ficaram sem cachê

Romário, Ronaldinho Gaúcho, Yaya Touré, Michel Salgado e Cafú estão entre os lesados

Os antigos craques mundiais que estiveram em junho último no Dubai, para participar no Alkhurainejtour, um torneio particular que se realiza anualmente por alturas do Ramadão, não receberam o cachê previamente combinado. Estamos a falar de nomes como Romário, Ronaldinho Gaúcho, Verón, Rivaldo, Cafú, Yaya Touré, Eric Abidal e Míchel Salgado.

Segundo conta esta terça-feira o jornal espanhol 'Marca', o torneio é organizado por Mubarak Al-Khurainej, antigo vice-presidente da Assembleia Nacional do Kuwait e ex-presidente do Parlamento, que este ano quis abrilhantar o evento com a presença de alguns nomes sonantes.

Os antigos jogadores foram contactados por uma agência britânica, a DreamsPro Events, escolhida pelo filho mais novo de Mubarak Al-Khurainej. O cachê de cada ex-jogador era de quase 1.7 milhões de dólares.

Romário, Ronaldinho, Cafú e companhia foram ao Kuwait e fizeram tudo o que estava contratualmente definido: disputaram jogos com estrelas locais, jantaram com os organizadores e deram entrevistas. Só que quando chegou o momento de receber... nada!

Habitualmente neste tipo de eventos estes antigos jogadores costumam cobrar metade do cachê antes e a outra metade depois. Mas neste caso, como se tratava de uma família bem relacionada com a família real, aceitaram receber no Kuwait. 

Lá chegados foi-lhes dito que o dinheiro seria proveniente de um banco sediado em Macau, mas supostamente havia um problema e a DreamPro Events explicou que tentaria fazer a transferência a partir do Dubai. Nenhum deles recebeu e alguns já iniciaram procedimentos judicias.

Ao jornal espanhol um dos filhos de Mubarak Al-Khurainej explicou que foi pago à DreamPro Events tudo o que foi pedido para que as estrelas comparecessem no evento. "Adiantámos o dinheiro à DreamPro e quando os jogadores chegaram transferimos todas as verbas acordadas. Inclusivamente pediram-nos mais dinheiro, para o pagamento de impostos. Queriam sempre mais e diziam que os jogadores estavam a pedir mais dinheiro. Cumprimos a nossa parte."
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas