Arbitragem de luto: ex-juiz uruguaio assassinado à porta de casa

Andrés Pollero tinha 42 anos e foi morto com um tiro

Andrés Pollero, membro do corpo de arbitragem da Associação Uruguaia de Futebol (AUF), foi assassinado, domingo, à porta de casa num violento assalto.

Com 42 anos, Andrés Pollero foi vítima de um roubo à porta de casa, no qual perdeu a vida, confirmou Ignacio Alonso, presidente da associação de arbitragem do Uruguai.

Segundo fontes policiais, cerca das 18h30 de domingo, no bairro de Sayago, alguns vizinhos de Pollero ouviram tiros, seguindo-se depois a fuga dos criminosos no carro roubado.

"Indignação e uma tremenda dor invadem-nos perante o assassinato brutal de Andrés Pollero, membro do órgão de arbitragem da nossa AUF. Expressamos as nossas condolências e solidariedade com a família e amigos. A família do futebol está de luto", referiu Ignacio Alonso na sua conta de Twitter.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0