Argentina: Primeiro superclássico do ano teve um golo e... cinco expulsões

Era particular, mas a rivalidade continua intensa

2016 ainda há pouco começou, mas o futebol argentino já viveu o primeiro de vários Superclássicos que se realizarão no novo ano. O primeiro "round" foi para o River Plate, numa partida com o Boca Juniors na qual a palavra "round" encaixa na perfeição.

É que, para lá do golo que decidiu o encontro, apontado por Leonardo Pisculichi, de grande penalidade, aos 19 minutos, o jogo teve umas impressionantes cinco (!) expulsões. Três para o lado do Boca e duas para o lado do River Plate - sendo que uma das dos millonarios foi a um jogador que já havia sido substituído. Ora, a primeira expulsão foi para Jonathan Silva, que aos 10' varreu por completo Gabriel Mercado. O árbitro foi ao bolso e mostrou-lhe o vermelho, que acabaria depois por ajudar a desenhar o resultado final.

Em relação ao golo, porque no futebol a decisão é feita pelas bolas que entram na baliza, foi apontado por referido Pisculichi, na sequência de um penálti inacreditável cometido por Carlos Tévez.

No próximo domingo, novamente de madrugada, há novo encontro entre os dois conjuntos, em mais uma partida do Torneio de Verão de La Plata.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.