Austrália: Chegou a bonança para Storm

'Jogador mais azarado do Mundo' regressou aos relvados e Record voltou a falar com ele

A carregar o vídeo ...
Neozelandês sofre três fraturas... no mesmo lance

Em fevereiro deste ano, Record contou-lhe a história de Storm Roux, na altura apelidado de 'jogador mais azarado do Mundo'. Isto porque o defesa do Central Coast Mariners, da 1.ª Divisão australiana, sofreu 3 lesões no mesmo lance: rotura de ligamentos do tornozelo, fratura do perónio e ombro deslocado.

Agora, Record voltou a falar com Storm Roux, numa entrevista com um tom bem mais animado. Quase oito meses depois, o neozelandês regressou à competição. Primeiro alinhou 75 minutos contra o Perth Glory; seguiram-se dois jogos completos frente a Sydney e Brisbane Roar. Pergunta obrigatória: o que sentiu quando pisou novamente o relvado? "Não pensei nas lesões. Assim que ouvi o apito inicial esqueci toda a situação e nem tive receio de disputar ou bola ou voltar a lesionar-me. Apenas estava feliz por estar a jogar futebol", confessou a Record.

O presente é risonho mas o passado não se apaga. "Estive quase sempre otimista, embora por vezes tenha duvidado se iria regressar a 100%. A parte mais negativa da recuperação foi treinar sozinho enquanto via os outros a jogar, só me apetecia estar junto deles. E a verdade é que os meus colegas do Central Coast Mariners foram um grande apoio, assim como a minha família", explicou o lateral.

O pior já passou e o melhor ainda está para vir. "Estou mais perto do topo da minha forma e sinto-me ótimo. Sou feliz", reforçou. E pegando no texto de fevereiro, Record termina da mesma forma, mas apenas com uma pequena alteração: uma vez que Storm significa tempestade, podemos dizer que agora chegou mesmo a bonança.

Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.