Bélgica: Sá Pinto conquista Taça no prolongamento

Standard Liège impõe-se na final (1-0) frente ao Genk

O Standard Liège conquistou a Taça da Bélgica pela oitava vez - só o Club Brugge (11) e o Anderlecht (9) têm mais troféus. A equipa orientada pelo português Ricardo Sá Pinto triunfou na final, frente ao Genk, graças a um golo solitário de Renaud Emond, já no prolongamento, depois de o nulo ter persistido até aos 90 minutos.

Logo no segundo minuto do tempo extra, um cruzamento do ex-benfiquista Carcela, da esquerda, encontrou Emond ao segundo poste e o belga não perdoou, cabeceando para o fundo das redes. O avançado que, com Sá Pinto, apenas tinha sido titular duas vezes até ao início de janeiro, confirmou-se como jogador talismã na Taça, pois marcou nos últimos quatro jogos nesta competição, somando seis golos - até dezembro ainda nem se tinha estreado a faturar na prova, mas depois desatou a marcar e fez mesmo um hat trick frente ao Club Brugge, na 1ª mão das meias-finais. A saída do português Orlando Sá para a China contribuiu decisivamente para que Emond se tornasse um dos habituais titulares.

Com uma primeira fase do campeonato bastante irregular - só garantiu o apuramento para o playoff de discussão do título (reservado aos seis primeiros) na derradeira jornada e em 6º lugar -, Sá Pinto alcança o seu primeiro grande troféu como treinador, depois de ter perdido a final da Taça de Portugal de 2011/12, ao comando do Sporting, frente à Académica. Já o Standard Liège ganha um novo alento para o que falta do campeonato.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.