Berbatov e as atitudes racistas dos adeptos búlgaros: «Conseguiram envergonhar um país»

Ex-internacional búlgaro acredita que a justiça deve atuar de forma severa e permanente

• Foto: Twitter

Dimitar Berbatov aproveitou, esta quinta-feira, para criticar os comportamentos racistas dos adeptos búlgaros no jogo frente à Inglaterra, duelo que contou para a fase de apuramento do Campeonato da Europa de 2020, no qual os ingleses ganharam por 6-0.

Em declarações prestadas à Betfair, o ex-internacional búlgaro afirmou que o grupo de adeptos que esteve lá presente e que tiveram tal comportamento para com os jogadores ingleses deveriam ser banidos não só do futebol, mas de "todos os desportos", de forma permanente.

"Em todas as nações existem más pessoas. Houve um grupo de pessoas que estavam lá [no Estádio Vasil Levski, em Sófia] só para provocar os jogadores, essas mesmas pessoas deviam ser banidas de poder assistir futebol e, na minha opinião, deviam ser banidas para sempre, não só do futebol de todos os deportos. Espero que o governo búlgaro faça o seu trabalho e consiga banir estas pessoas para o resto da vida, elas não merecem ir a estádios. Conseguiram envergonhar um país", frisou.

Contudo, Dimitar Berbatov colocou-se à parte dos comportamentos visíveis no estádio, afirmando que as atitudes de um grupo de adeptos "não podem definir a forma de ser e pensar de todo um país".

"Não posso aceitar as críticas que toda a Bulgária tem recebido nos últimos dias. 50 pessoas não podem definir a forma de ser e pensar de todo um país, não somos racistas. Sou uma pessoa muito orgulhosa do seu país e sei que será feita justiça. Este não é um problema exclusivamente nosso, acontece em todo o lado. Espero que o mundo consiga trabalhar junto neste tema, estamos todos juntos nisto, não podemos dividir-nos", concluiu.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.