Record

Bossio e Rojas estão totalmente pagos

BENFICA ENVIA GARANTIA BANCÁRIA PARA O ESTUDIANTES DE LA PLATA

O BENFICA já liquidou na totalidade as aquisições do guarda-redes Carlos Bossio e do defesa-esquerdo Ricardo Rojas. Segundo o nosso jornal apurou, o clube da Luz já enviou, através do Banco Comercial Português (BCP), ao Estudiantes de La Plata, uma garantia bancária no valor de três milhões de dólares (cerca de 600 mil contos), referentes aos passes dos dois atletas.

Em relação a Sigurd Rushfeldt, os encarnados já pagaram 235 mil contos, ou seja, um terço do valor do passe. Mas Record sabe que a garantia bancária relativa à segunda prestação está a caminho. O próprio presidente do Rosenborg, Knut Skoglund, está tranquilo, confiando que hoje mesmo terá o dinheiro à disposição do emblema nórdico. "Temos tudo controlado", assegura, em declarações à edição de terça-feira do "Adresseavisen", jornal de Trondheim.

BANCO "SÓLIDO E SÉRIO"

O dirigente máximo do Rosenborg explica que conversou segunda-feira com os responsáveis do Fokus Bank, entidade bancária que trabalha com o clube norueguês. Estes disseram-lhe que um banco português os informou de que "as garantias estão a caminho, devendo chegar à Noruega amanhã [hoje]". De acordo com Skoglund, o Fokus Bank classificou o banco português de "sólido e sério".

O dirigente norueguês adianta que recuou na intenção de exigir o regresso "imediato" de Rushfeldt, mas esclarece que mantém a proibição de o ponta-de-lança alinhar pelo Benfica, enquanto as garantias não chegarem à Noruega. Desta forma, o internacional norueguês permanecerá na Alemanha, no estágio das águias. "Recusamos que ele jogue pelo clube português, mas não que treine."

PROBLEMA INTERBANCÁRIO

De manhã, muito antes de ser conhecida a nova posição do Rosenborg, José Manuel Capristano admitiu, às estações de rádio, a existência de "um problema interbancário", relacionado com a assinatura do presidente benfiquista, João Vale e Azevedo.

"Se for preciso a assinatura do presidente, o assunto ficará resolvido quarta-feira [amanhã], uma vez que ele regressa amanhã [hoje] à noite a Lisboa", adiantou o vice-presidente do Benfica, que se insurgiu com a possibilidade de Rushfeldt ter de voltar à Noruega, como ameaçou Skoglund, em declarações difundidas pela TSF, se as garantias não chegassem até ao final do dia de segunda-feira.

"Seria uma palhaçada e algo de surreal se ele tivesse de voltar à Noruega na terça-feira e na quarta ou quinta-feira viajar de novo para a Alemanha", disse, admitindo, contudo, que "o Rosenborg peça ao Benfica que o atleta não jogue enquanto não enviar o certificado internacional".

NUNO MARTINS, com GOMES FERREIRA, LUÍS PEDRO SOUSA e PAULO CALADO, enviados especiais

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

M