Brasileiro Óscar pisca o olho à seleção chinesa

Médio admite possibilidade mas FIFA (ainda) não permite

O médio brasileiro Óscar defedende as cores do Shanghai SIPG desde 2017. Está habituado à vida na China, à principal liga do país asiático e, pelos vistos, a paixão pela nação é de tal ordem que até equacionaria representar a seleção da China.

O talentoso médio de 28 anos, que defendeu as cores do Brasil no Campeonato do Mundo de 2014, não é convocado para a seleção canarinha desde 2016. Mas garante que se as determinações da FIFA mudassem, teria todo gosto em naturalizar-se chinês.

"Posso pensar nisso. É difícil ir para a seleção brasileira porque agora jogo aqui. Mas na China sabem como jogo bem. Então, se a seleção da China precisar de um bom médio, posso ajudar, se as regras mudarem. Gosto da China e acho que os jogadores que trocarem de nacionalidade para jogar pela China podem safar-se bem", revelou Óscar.

Recorde-se que a China já conta com brasileiros naturalizados na seleção, como são os casos de Elkeson e Ricardo Goulart.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.