Caniggia: «Maradona não precisava de drogas para jogar bem»

Antigo internacional argentino recorda o amigo numa entrevista em Itália

• Foto: Reuters
Claudio Caniggia, antigo internacional argentino, deu uma entrevista ao 'Corriere dello Sport' onde recordou Maradona, particularmente o sucedido no Mundial de 1994, quando El Pibe foi apanhado nas malhas do doping.

"Ficou devastado, consegui ir ao quarto dele dar-lhe um abraço. Falámos pouco, o Diego chorava e eu chorava também", explicou Caniggia, recordando o sucedido nos Estados Unidos.

"Ele sentiu-se traído, fisicamente estava num pico de forma, em Boston ele treinava duas vezes por dia. Tomou um produto a pensar que eram vitaminas. Sejamos claros, o Diego nunca precisou de drogas para jogar melhor", acrescentou.

Caniggia recordou a morte do amigo. "Soube do que tinha acontecido através de um jornal online. Ao início pensei que era mais um rumor, que depois seria negado. O 'Diego está doente, está em coma, está morto, não, afinal não morreu...'

Mas desta vez era mesmo verdade: "Depois percebi que infelizmente era verdade. Tínhamos falado dois meses antes, não quero parecer presunçoso, mas penso que eu era o seu melhor amigo."


Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas