Ceferin defende mercado mais curto

Presidente da UEFA tomou posição

• Foto: EPA

Depois de a Premier League, em consonância com a federação inglesa, se ter reunido com os clubes para discutir a ideia de fechar o período de transferências antes do início das competições, foi agora a vez de Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, defender a mesma posição.

"Tenho consciência de que há discussões sérias a animar a Europa sobre o encurtamento do período de transferências de verão. Do meu ponto de vista, não é positivo que um jogador comece um campeonato num clube quando o mercado está ainda por fechar. É uma longa incerteza que se instala. Por consequência, diria que janela de transferências é demasiado longa e defendo que seja mais curta", explicou Ceferin através de um e-mail enviado ao jornal inglês ‘Times’.

Desta forma, a UEFA coloca-se ao lado da federação inglesa e da Premier League, sabendo-se que existem outros clubes e treinadores das principais ligas europeias a defender esta mudança, inclusivamente no futebol português, não sendo de excluir a hipótese de este redução de tempo ser implementada no defeso de 2018/19.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas