China: Tiago Moutinho leva sub-16 do Luneng ao título

Técnico português de 37 anos em evidência

• Foto: DR Record

Aos 37 anos, Tiago Moutinho levou os sub-16 B do Shandong Luneng ao título de campeão na passada segunda-feira, depois de um nulo na última ronda frente ao Shanghai Shenhua. Após ser campeão chinês de sub-15, o jovem técnico obteve a mesma proeza nos sub-16 mas... pela segunda equipa. O que ainda enriquece mais o feito do antigo adjunto de Sá Pinto.

"Terminou a fase de seis jogos em nove dias e fomos campeões na última ronda. A verdade é que este feito tem ainda maior força por uma razão: o Shandong Luneng tem uma academia de futebol no Brasil e a equipa de sub-16 A foi convidada para ir jogar para lá. E a mim pediram-me para ficar a orientar os sub-16 B, pelo que fomos campeões com a segunda equipa em que três jogadores são de 2002. Esta conquista vem provar que o Shandong Luneng tem a melhor escola de formação da China, porque ganhámos outros títulos nas camadas jovens", contou o técnico Tiago Moutinho a Record, estendendo o sucesso a todos os compatriotas que trabalham no clube. "Há oito portugueses no Luneng, entre treinadores, técnicos de guarda-redes e fisioterapeutas. O Luís Castro convidou-nos e depois acabou por não poder vir", salienta.

Tiago Moutinho está, por isso, a contribuir para o objetivo já delineado por Xi Jinping, presidente da China: tornar o país numa potência do futebol e apostar na formação. "Estão a investir e aqui já há muitos técnicos portugueses e espanhóis. Os três primeiros do campeonato que disputei têm um técnico português e dois espanhóis", disse quem ainda não teve possibilidade de falar com o compatriota André Villas-Boas, técnico do Shanghai SIPG, vice-líder da Liga chinesa. "A distância aqui é uma barreira enorme", sublinhou Tiago Moutinho.

Saudades de casa já se fazem sentir

Com contrato até junho de 2018, Tiago Moutinho ainda não sabe qual será o próximo passo, pois a hora ainda é de festejo. Mas a intenção é clara. "Sei que ainda estou ligado ao clube e obviamente que se não aparecer nada, posso continuar a trabalhar aqui no Luneng. Mas a minha intenção é aproximar-me da família. Tenho uma filha pequena que não pôde vir para aqui porque não há escolas inglesas, sequer. A minha ideia é tentar um projeto de equipa principal mais perto de casa", explica o jovem treinador.
Após uma fase de sucesso na China ao comando de equipas de formação, Tiago Moutinho espera pegar numa equipa sénior, de forma a poder desenvolver a experiência adquirida enquanto adjunto de Ricardo Sá Pinto no Belenenses e nos gregos do OFI Creta e Atromitos.

Por Hugo Neves
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Precariedade laboral

Laporta segura Koeman no Barça pelo menos até amanhã, depois depende do jogo com o Levante...

Notícias

Notícias Mais Vistas