Clube italiano troca apanha-bolas por raparigas em calções e não escapa a duras críticas

Iniciativa partiu do proprietário da Diesel

;

A polémica rebentou há alguns dias mas parece estar para durar. O Lanerossi Vicenza Virtus, clube italiano da 3.ª divisão, decidiu trocar os apanha-bolas por jovens jogadoras de voleibol que se apresentam em redor do relvado vestidas com uns calções bem curtinhos. 

A ideia partiu do proprietário e presidente do clube e já motivou uma queixa da Associação Nacional de Atletas, que apelou a uma tomada de posição da Federação Italiana de Futebol por considerar que se trata de um "indigno espectáculo de sexualização de menores".

O patrão do Lanerossi Vicenza Virtus é Renzo Rosso, proprietário da Diesel. Os calções que as raparigas usaram são da conceituada marca e esta mudança insere-se - de acordo com o mentor - "numa estratégia de marketing" que visa "renovar o modo de viver o jogo de futebol". Muitos consideram que se trata de uma "iniciativa indecente."

13
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.