Clubes pagaram mais de mil milhões em comissões desde 2013

Segundo um relatório divulgado pela FIFA

• Foto: EPA

Os clubes de futebol pagaram mais de mil milhões de euros a intermediários em transferências de jogadores desde janeiro de 2013, revela esta quarta-feira um relatório divulgado pela FIFA.

Segundo o documento, este valor (1.042 milhões de euros) não incluiu a verba que os próprios futebolistas pagaram aos seus agentes.

De todas as transferências mundiais, 19,7 por cento envolveram pelo menos um intermediário: quando as mesmas resultaram em pagamento de verbas entre clubes, a percentagem sobe para 47,9.

Os 'terceiros' elementos nas transferências representam, regra geral, os atletas, no caso em 8.018 mudanças de clube.

Já os clubes compradores recorreram a intermediários em 3.655 situações, sendo que os vendedores o fizeram em 836 ocasiões.

Os agentes têm conquistado um peso crescente nas transações internacionais, já que em 2013 participaram em 726, crescendo anualmente para 843 (2014), 961 (2015) e 1.125 este ano, um aumento de 17,1 por cento face a 2015 quando faltam ainda cinco semanas para o fim.

Os clubes ingleses e os italianos são os que mais recorrem aos intermediários, num 'top 10' em que Portugal surge em quarto lugar, atrás da Alemanha e à frente da Espanha, França, País de Gales, Rússia e Croácia.

Neste sentido, a UEFA é claramente a confederação hegemónica com 1.014 dos 1.042 milhões de euros envolvidos, pelo que as restantes apresentam valores residuais, sendo que na Oceânia não se registaram transferências entre clubes com intermediários.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.