Coronavírus: Rússia suspende competições de futebol

Decisão surge após a realização de uma jornada que provocou a maior concentração de adeptos em toda a Europa

A Federação Russa de Futebol decidiu esta terça-feira suspender todas as competições com efeitos imediatos, devido à pandemia de Covid-19, colocando-se em linha com a maioria dos países europeus, que já tinham adotado a mesma medida.

A decisão do organismo federativo surge após a realização de uma jornada do campeonato russo que provocou a maior concentração de adeptos em toda a Europa.

Num dos jogos da 22.ª ronda, que decorreu entre sexta-feira e segunda-feira, estiveram cerca de 33.000 adeptos nas bancadas, e a posição anunciada hoje segue-se a uma série de medidas restritivas adotadas em vários eventos em todo o país.

O CSKA Moscovo já tinha pedido o cancelamento do seu jogo na 23.ª jornada, em que deveria receber o Zenit de São Petersburgo, no próximo domingo.

No fim de semana, nos respetivos jogos da 22.ª ronda, os adeptos do Zenit cantaram nas bancadas "vamos todos morrer" e os adeptos do CSKA tinham tarjas a dizer "este vírus está dentro de mim, eu sou o seu portador".

A decisão de parar os campeonatos na Rússia segue-se a outras que ocorreram antes do fim de semana, em vários países europeus, como Portugal, Inglaterra, Espanha, França, Itália e Espanha, entre outros.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, com quase 60 mil infetados e pelo menos 2.684 mortos, o que levou vários países a adotarem medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal há 448 pessoas infetadas, segundo o mais recente boletim diário da Direção-Geral da Saúde, tendo-se registado na segunda-feira a primeira morte.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.