Cracóvia, de Rafael Lopes, vence pela primeira vez a Taça da Polónia frente ao Lechia Gdansk

Flávio Paixão foi titular pela formação do Lechia, já José Gomes foi suplente não utilizado

• Foto: Cracóvia

O Cracóvia, capitaneado pelo português Rafael Lopes, ergueu esta sexta-feira a primeira Taça da Polónia de futebol da sua história, ao bater por 3-2 o Lechia Gdansk, de Flávio Paixão e José Gomes, na final.

Com o 'capitão' em campo até aos 82 minutos, o Cracóvia venceu o primeiro troféu desde 1948 numa final emotiva, só resolvida no prolongamento, e em que esteve a perder por duas vezes, depois de o afegão Haydary inaugurar o marcador aos 21.

O Lechia, em que Flávio Paixão usou a braçadeira de capitão até sair aos 107', com José Gomes como suplente não utilizado, deixou o Cracóvia empatar, com um golo do holandês Amersfoort, aos 65.

A partir dos 80, o jogo mudou: Maloca foi expulso na equipa de Gdansk, que ainda fez o 2-1, aos 85 por Lipski, que tinha entrado dois minutos antes, mas o empate chegou logo depois, por Jablonski (88), obrigando ao prolongamento.

No tempo extra, um golo de Wdowiak, aos 117, decidiu a contenda para a equipa de Rafael Lopes, que vence um título no primeiro ano na Polónia, frente aos campeões de 2019 da Taça.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.