Cristian Pavón acusado de abuso sexual. Vítima garante: «Vou até acabar este calvário»

Marisol Doyle entrou na Justiça contra o extremo do Boca Juniors

Uma jovem argentina denunciou esta semana o futebolista Cristian Pavón de abuso sexual. "Passei por um calvário e quero explicar à sociedade que se demorei este tempo todo a denunciar foi porque estava numa situação de reabilitação. Entrei em depressão depois de uma situação vivida numa festa em que Cristian Pavón também esteve", começa por explicar Marisol Doyle ao 'Telefe'

Segundo Marisol Doyle tudo terá acontecido na noite de 1 de novembro de 2019, Villa La Bolsa, localidade e poucos quilómetros da cidade de Córdova, numa festa organizada pelos amigos do extremo do Boca Juniors, na altura cedido aos norte-americanos LA Galaxy. "Quero-o na prisão. Vou até às últimas consequências", garante a jovem argentina. 

"Por ser bem recebida, presumi que seria uma festa normal e tranquila. Mas deparei-me com uma situação totalmente diferente. Uma cabana iluminada apenas pelas luzes de um alto-falante, onde ocorreram eventos que não são normais para mim. Relações entre rapazes e raparigas, umas consentidas e outras não. Sou adepta do Boca e Pavón era um jogador que admirava. Nunca acreditei que aconteceria o que aconteceu", conta.

Doyle explica que foi à festa com um amigo, que tinha em comum com Pavón, que lhe foi oferecido uma 'ganza' e ela aceitou. Que teria sido a sua primeira vez e que não se sentiu bem e por isso foi à casa de banho. "Ele [pavón] forçou a porta, entrou na casa de banho, onde ocorreu o abuso. Não quero dinheiro nem fama. Quero-o na prisão. Vou até acabar este calvário".

Por Record
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.