David Henderson declara-se inocente do acidente que vitimou Emiliano Sala

Piloto britânico era acusado de ter agido de forma descuidada e negligente ao delegar o serviço a David Ibbotson

• Foto: Reuters

O piloto britânico David Henderson declarou-se esta segunda-feira não culpado, em depoimento perante o tribunal de Cardiff, no julgamento sobre o acidente de avião que vitimou o futebolista argentino Emiliano Sala.

Henderson era o piloto que deveria transportar Sala de Nantes para Cardiff, mas delegou o serviço a David Ibbotson, de 59 anos, cujo corpo nunca foi encontrado, ao contrário do corpo do jogador, que foi recuperado do avião no Canal da Mancha.

David Henderson, que compareceu em tribunal numa audiência prévia, em 28 de setembro, é acusado de ter agido de forma descuidada e negligente, no acidente que ocorreu em 21 de janeiro de 2019.

A ação legal contra Henderson, de 66 anos, partiu da Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido.

No relatório final publicado em março, a Air Accidents Investigation Branch (AAIB) indicou que David Ibbotson perdeu o controlo do avião durante uma manobra realizada a alta velocidade para, provavelmente, evitar o mau tempo.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.