Record

Escândalo de corrupção na Bélgica já levou à detenção do treinador do Club Brugge

Investigação foi mesmo alargada a vários países

• Foto: Reuters
A polícia da Bélgica está investigar um alegado sistema de corrupção no futebol daquele país devido a transferências de dinheiro suspeitas e à combinação de resultados no campeonato belga. As buscas já originaram a detenção de várias personalidades conhecidas no mundo do futebol belga, entre eles Ivan Leko, treinador do Club Brugge, equipa que está inserida no Grupo A da Liga dos Campeões.

Segundo o jornal belga 'La Libre', a investigação teve em início em 2017 por parte da Unidade Federal Contra a Corrupção quando foram descobertas várias transações suspeitas em transferências de jogadores e assinaturas de contratos.

Para além de Ivan Leko, foram detidos Herman Van Holsbeeck, antigo presidente do Anderlecht, os árbitros Sebastien Delferière e Bart Vertenten, entre outros agentes desportivos.

Já foram realizadas buscas em vários clubes, designadamente, Club Brugge, Anderlecht e Standard Liége, mas a investigação não fica pela Bélgica já que foi alargada à França, Luxemburgo, Chipre, Montenegro, Sérvia e Macedónia.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas