Estala a polémica na Noruega: «O que é o futebol feminino? Não é futebol nem é feminino»

Clube obrigado a fazer um pedido de desculpa por causa de camisola visível... em entrevista

• Foto: TV2

Em tempo de confinamento devido ao Covid-19, as entrevistas por videochamada são uma constante nas televisões de todo o mundo e polémicas não têm faltado, ora pela indumentária (ou falta dela...) dos entrevistados ora pelo cenário. E foi este último que fez estalar a polémica na Noruega esta semana.

Numa entrevista ao canal Norweigan TV2, o antigo internacional do Brann, Vegard Forren, de 33 anos, surgiu com uma série de camisolas na parede, destacando-se uma onde se lia: "O que é o futebol feminino? Não é futebol nem é feminino".

"Provavelmente seria uma brincadeira inocente, mas não tem piada. Se tinha intenção de ser algo divertido, não podes colar isso nas paredes de um dos maiores clube da Noruega. Há que investigar o que se passou. Pensei que já tínhamos percorrido um longo percurso. A igualdade de género não é levada a sério. O facto do Brann não ter equipa feminina não melhora as coisas", afirmou Ingrid Ryland, jogadora do IL Sandviken, à TV2.

Do lado do Brann, o diretor executivo falou mesmo em "vergonha". "Nunca fiquei tão vermelho de vergonha como quando vi aquilo. É incrivelmente vergonhoso. Pensei 'será possível?' De qualquer das formas consegui que a tirassem", afirmou.

Por Record
24
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.