Ex-jogador do Benfica arrasa Mbappé: «É um otário com sorte»

Edílson Capetinha sem papas na língua na hora de analisar jogadores da atualidade

Edílson Capetinha, ex-futebolista que vestiu a camisola do Benfica na temporada de 94/95, não vira as costas a uma boa polémica e no que toca a arrasar jogadores da atualidade (e do passado também...) não é parco em palavras. No podcast Reis da Resenha, da emissora brasileira Jovem Pan, o também antigo jogador do Palmeiras, Corinthians, Flamengo, Cruzeiro e Vasco da Gama disse  preferir Messi a Cristiano Ronaldo e apontou a mira a... Kylian Mbappé.

"É um otário com sorte! Jogador que tem força e não é habilidoso, quando perde a força perde tudo! Já o estou a ver daqui a dez anos. Mbappé tem de ser comparado comigo, eu era meio atacante. Eu ou Mbappé? É sacanagem compararem-me com ele! Por amor de Deus. Se eu jogasse no PSG ao lado do Neymar e do Messi, esqueçam! Já fui o melhor do Mundial a jogar pelo Corinthians, imaginem a jogar com Messi e Neymar. Se eu sou melhor do que o Mbappé? Nem tem comparação. Duro é você fazer essa comparação! Duro é estarem espantados por eu responder a isso! (...) Se eu jogasse no campeonato francês, também faria o que ele faz. O que é que ele faz? Corre, corta para dentro e chuta! Não vai ser o melhor do Mundo! Vai surgir outro jogador. Alguma coisa vai acontecer, mas não vai. É um jogador que depende dos outros e não apenas dele. De pegar na bola, ter capacidade de decidir. Não é aquele jogador que sabe fazer golos de todas as formas. Quando um jogador passa uma fase muito boa, toda a gente se ilude. Já vi milhares de jogadores assim".

Ex-Benfica revela que "teria lugar no PSG" e apelida Di María de "pé de rato"
Também Everton, que trocou agora o Benfica pelo Flamengo, foi alvo de análise, bem como Arturo Vidal que deverá estar a caminho do cluba carioca. "Está de sacanagem! Mas acham que o Vidal joga? Não sabem nada de bola! O Vidal não joga nada e depois vai dizer 'bem que o Capetinha está certo.' O que é que ele fez na carreira? Cebolinha? É bom jogador. Não sei se vai dar certo ou errado, mas é bom. É mais um atacante que o Flamengo tem. Joga bem, mas não é 'isso tudo'. Não vai carregar a equipa às costas e ganhar jogos".

Ora, no tema Flamengo, Jorge Jesus teve de ser igualmente alvo de escrutínio. "Gostava para caramba de Jorge Jesus! Mas vou dizer uma coisa, Vampeta: eu não joguei com ele, é difícil falar. Mas às vezes dentro do campo não são o que parecem. Já vi treinadores serem campeões sem entenderem nada de bola. (...) Jorge Jesus tinha bons jogadores e sabia agregar", concluiu.
Por Record
18
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas