Federação de futebol guineense renova contrato com selecionador Baciro Candé até 2024

Responsável pelas duas inéditas presenças da Guiné-Bissau nas fases finais da CAN

A Federação de Futebol da Guiné-Bissau prolongou o contrato de trabalho com o selecionador nacional, Baciro Candé, até 2024, disse esta sexta-feira à Lusa Bonifácio Sanhá, um dos vice-presidentes da instituição.

Segundo Bonifácio Sanhá, o vínculo contratual de Baciro Candé foi prolongado devido às "respostas positivas que tem dado" à Federação guineense e por ter sido o responsável pelas duas inéditas presenças da Guiné-Bissau nas fases finais do Campeonato Africano de Futebol (CAN).

Baciro Candé conduziu a Guiné-Bissau ao CAN do Gabão, em 2017, e ao do Egito, em 2019, e ainda fez o país entrar para uma fase de grupos das eliminatórias do próximo Mundial.

A tarefa de Candé "neste no novo ciclo", segundo Bonifácio Sanhá, é voltar a apurar os guineenses para o próximo CAN, a disputar em 2021 nos Camarões, e ainda "tentar chegar o mais longe possível" nas eliminatórias do Mundial.

O vice-presidente da Federação guineense afirmou que a instituição apenas "deseja boa sorte" a Baciro Candé, a quem não pode pedir muito mais, tendo em conta a realidade do país, enfatizou.

Baciro Candé, de 52 anos, nasceu em Caitó, sul da Guiné-Bissau, é selecionador dos 'djurtus' desde 2016, tendo como principal sonho levar o país a uma fase final do Mundial.

A Guiné-Bissau deveria jogar este sábado, em Dacar, com o Senegal, para a primeira mão da qualificação para o CAN2021, mas o jogo foi cancelado devia à pandemia do novo coronavírus.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Campeão em campo neutro

Temendo aglomerações de fãs, a polícia sugere que o Liverpool só atue em Anfield após vencer o título

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0