Federação galesa e Bale pedem continuidade de Chris Coleman

Selecionador admitiu precisar de tempo para ponderar

• Foto: EPA
A Federação Galesa de Futebol e o internacional Gareth Bale pediram esta quarta-feira ao selecionador Chris Coleman que continue no comando do País de Gales, embora tenha falhado a qualificação para o Campeonato do Mundo de 2018, na Rússia.

"Claro que queremos que continue connosco. O que tem feito pela equipa e pelo futebol em Gales é impressionante", afirmou em declarações à BBC o avançado Gareth Bale, companheiro de equipa do português Cristiano Ronaldo no Real Madrid.

Ainda segundo a cadeia de televisão britânica, a Federação Galesa está disposta a iniciar rapidamente as negociações com Coleman, de forma a prolongar o contrato do treinador galês, cujo vínculo termina no próximo verão.

Após a derrota de segunda-feira frente à República da Irlanda (1-0), que confirmou a não qualificação para o Rússia'2018, Chris Coleman assegurou que vai deixar "passar algum tempo" antes de decidir o seu futuro.

Chris Coleman, de 47 anos, dirige a seleção dos dragões desde janeiro de 2012, tendo guiado o País de Gales ao melhor desempenho da sua história, as meias-finais do Euro'2016, em França.

O País de Gales terminou a fase de qualificação europeia para o Mundial de 2018 no terceiro lugar do grupo D, com 17 pontos, menos dois do que o segundo classificado, a República da Irlanda, e a quatro do vencedor do grupo, a seleção da Sérvia.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas